Conhecer um pouco mais sobre si próprio implica em fazer uma espécie de inventário de nossa personalidade. Neste caso, é importante olhar para dois lados: o lado consciente, e o lado inconsciente.
O lado consciente pode ser melhor notado, já que nós mesmos somos capazes, numa leitura rápida, de identificá-los.
Já o lado inconsciente é, digamos, um pouco mais complexo de ser mapeado. No entanto podemos melhor avaliá-lo por causa das reações de medo ou agressividade, por exemplo, que costumamos ter.

———-
Este conteúdo está disponível para as assinaturas Premium.
Log In Registrar
———-